Sensores Capacitivos

Descrição

São sensores semelhantes aos de proximidade indutivos, porém sua diferença está exatamente no princípio de funcionamento, o qual baseia-se na mudança da capacitância
da placa detectora localizada na região denominada face sensível.

Aplicações

São largamente utilizados para a detecção de objetos de natureza metálica ou não, tais como: madeira, papelão, cerâmica, vidro, plástico, alumínio, laminados ou
granulados, pós de natureza mineral como talco, cimento, argila, etc. Os líquidos de maneira geral são ótimos atuadores para os sensores capacitivos, não importando
se são condutivos ou não, viscosidade ou cor. Desta forma, excelentes sistemas para controle de níveis máximos e mínimos de líquidos ou sólidos são obtidos com a
instalação de um ou dois sensores, mesmo que mergulhados totalmente no produto. Mesmo para outros fins de detecção, tais como contagem de garrafas, caixas, pacotes ou
peças, o sensor capacitivo dotado de ajuste de sensibilidade “T” é extremamente versátil, resolvendo problemas de automação, de difícil solução com sistemas
convencionais. Para maiores facilidades de aplicação, possuímos uma fonte de alimentação PSN adequada ao funcionamento com sensores capacitivos.

Corpo metálico cilíndrico com rosca

• Modelos corrente contínua e alternada: Cabo e conector M12.

M18, DC, cabo, conector.
M30, M36, AC, DC, cabo, conector.

Corpo plástico cilíndrico sem rosca

• Modelos corrente contínua: Cabo e engate para mangueira e conector M12.
• Modelos corrente contínua – especial para controle de nível: Engate para mangueira.

ø30, AC, DC, Cabo, conector e engate para mangueira.